Após visitar uma loja virtual, você não para de ver anúncios dos produtos visualizados em diferentes páginas da web? Isso quer dizer que você está sendo atingido por uma Campanha de Remarketing Dinâmico.

Essa campanha é essencial para quem possui um ecommerce, pois incentiva o consumidor que acessou seu site e/ou visualizou um produto, a concluir a compra. Para criar uma, é preciso cadastrar os produtos e todas as suas informações no Google Merchant Center (GMC), via API ou XML, para que ele esteja sempre atualizado.

Além disso, deve-se adicionar as tags de Remarketing Dinâmico em todas as etapas do processo de compras: Home, Categoria dos Produtos, Carrinho de Compras e na Finalização da Compra. Elas serão as responsáveis por inserir os usuários em uma lista de remarketing, separando-os pelos códigos dos produtos e a etapa do funil em que estão.

Depois, o Google Ads combinará os produtos e desenvolverá anúncios com o layout personalizado, levando em consideração a popularidade e o conteúdo que o usuário visualizou no site.

A Campanha de Remarketing Dinâmico atinge a audiência certa na intensidade certa. Se o usuário apenas visualizou a página do produto, a frequência na qual ele verá os seus anúncios é menor do que, por exemplo, um cliente que abandonou um carrinho de compra.

Inclusive, a lista de remarketing composta por clientes que abandonaram o carrinho é a mais importante para quem possui um ecommerce. Afinal, o usuário chegou a adicionar um produto em seu carrinho, mas não finalizou a compra. É recomendável aumentar o lance para ela, para que o anúncio seja exibido mais vezes para esse potencial cliente.